Adotar um pet é ter alguém ao seu lado como companhia para a vida toda. Os cães são conhecidos, justamente, por suas qualidades de fidelidade e companheirismo, mas os cachorros possuem também uma outra característica muito marcante: costumam ser muito levados, principalmente nos primeiros meses de vida.

O adestramento de cães é um ato de amor, pois só traz benefícios tanto ao dono, quanto ao cachorro, como por exemplo:

  • Estreitamento dos laços entre o pet e o dono;
  • Tranquilidade para o dono e regalias para o cachorro;
  • Mais respeito entre as partes;
  • Reconhecimento e valorização do seu cãozinho.

Essas são apenas algumas das vantagens de apresentar seu cachorro a um adestrador profissional, confira a seguir esclarecimentos para as principais dúvidas sobre o processo de adestramento.

O que é o adestramento de cães?

Trata-se de como educar um cachorro por meio de estímulos, repetições, regras e recompensas. Ao contrário do que se possa pensar, não é um procedimento rígido que expõe o pet a uma vida regrada.

Pelo contrário, o adestramento possibilita ao cão uma vida mais leve junto ao dono, pois trata não apenas de atividades esportivas ou maratonas exibicionistas, mas também de orientações sobre comportamentos do dia a dia, como, onde fazer as necessidades, o que não pegar, onde não mexer, onde dormir e onde se alimentar.

Quais raças são mais adestradas comumente?

Todas as raças podem ser adestradas, e é inclusive, uma recomendação que se eduque, até mesmo cães sem raça definida, tendo já vistos os benefícios.

No entanto, por inúmeras questões, as raças que mais são adestradas, são as de cães grandes e brincalhões, como o labrador, que é conhecido por ser levado e serelepe. Por essa razão, o adestramento de cachorro labrador é comumente requerido.

Qual a melhor idade para adestrar meu cachorro?

Não existe uma idade limite para se adestrar. Cães de todos os tamanhos, raças e idades podem ser educados por um profissional do ramo.

No entanto, um filhote de labrador tem mais rapidez no aprendizado que um labrador adulto; isso porque nos primeiros anos de vida, o cão está descobrindo o mundo e constantemente preparado para receber novas informações e ensinamentos.

A única imposição, é que o adestrador seja escolhido cuidadosamente, pois é preciso garantir que o seu animal de estimação receberá o melhor tratamento.

Quais são os primeiros passos do adestramento?

De modo geral, os primeiros passos do adestramento são gestos básicos, como pedir a pata, deitar no chão, sentar, rolar, latir e até o famoso “se fingir de morto”. É a partir desses comandos básicos que podemos ensinar o cão a reagir a outras ordens.

E as primeiras dificuldades?

O cachorro pode sentir dificuldades para lidar com as ordens e até em ser repreendido quando erra.

No caso de cães de grande porte, como o cachorro labrador, existe ainda o agravante de que o reconhecimento de seu tamanho e do potencial dele é gradual, e as vezes parte dos ensinamentos em torno de comportamentos públicos depende disso.

Um bom adestrador, entretanto, saberá lidar com todas as dificuldades com paciência, e se atentando ao mais importante fator: deixar os cães à vontade.

Como já dito, é preciso procurar bem por adestrador de cães SP para garantir que seu companheiro receberá a melhor educação, pelas mãos mais pacientes e afetuosas da cidade.

Adestrar é um ato de amor! Escolhendo o adestrador para o seu cachorro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *