Os cães vira-lata são conhecidos como SRD (Sem Raça Definida), esbanjam companheirismo, inteligência e com muito amor e carinho, mas infelizmente é uma “raça” de cachorro que mais sofre abandono, porém eles despertam vários projetos que os defendem.

No entanto, ainda é muito comum as pessoas optarem por um cachorro de raça pura do que adotar um que tenha muitas misturas. É importante lembrar que, apesar de ser uma mistura de raça, o vira-lata não é mais resistente que os demais.

Ele somente se torna mais resistente quando o cachorro na fase adulta é resgatado das ruas e, devido o período no qual viveu nas ruas, ele não teve contato com vírus ou traumas.

Entretanto, isso não altera a responsabilidade de vacinar o animal e dar os devidos cuidados que todos os pets precisam.

Seu comportamento não tem uma definição, alguns podem ter características calma e tranquila, mas outros podem apresentar atitudes conflitantes e diferentes.

Ou seja, eles podem ser carinhosos, dóceis, territorialistas, bagunceiros, entre outros. Contudo, em sua maioria são bem dóceis e sua amizade é fiel.

Ao se ter um vira-lata é necessário cuidados básicos para que o pet tenha uma vida longa, mas esses cuidados são aplicados em qualquer outro cachorro.

É necessário dar a vacinação e vermifugação anuais, banhos periódicos, escovação da pelagem (em tempos que variam conforme com o comprimento e a quantidade de pelagem), escovação de dentes diária, passeios frequentes, tosas higiênicas e corte de unhas periódicas, entre outros cuidados.

Um fator importante é que essa “raça” se reproduz com muita facilidade e as fêmeas possuem cios frequentes, o indicado é a castração, pois a ninhada pode conter até 8 filhotes.

A castração também é importante para evitar a piometra, inflamação grave uterina no qual afeta a vida delas e pode causar o óbito.

Quais são as características de um cão vira-lata?

As características de cachorros vira-lata (SRD) sofrem muitas variantes, pois por não ter uma raça definida, a grande maioria destes cães tem porte médio, sua pelagem é mais voltada às cores neutras, como bege, cinza ou preto. No entanto, são animais que inspiram muita empatia.

De modo geral, eles são atenciosos e muito carinhos, contudo, isso não garante nada, porque cada um desenvolve um temperamento e comportamento que advém conforme as misturas das raças que deram origem ao animal, isto é, suas atitudes podem ser diversas.

Mas uma das grandes vantagens desses cães é a capacidade que eles têm de adaptação nos mais diversos e variados modelos de ambientes e de convivência.

Quanto maior for as misturas de raças no que gera um filhote, o potencial dele de se adaptar às situações de convívio distintos será maior.

Por causa da sua inteligência, os cachorros vira-lata têm facilidade de aprender truques, regras e limites. São brincalhões e possuem personalidades fortes.

A desvantagens desses pets é não prever o tipo de doença que pode o afetar ao longo da vida, pois não tem como saber as heranças genéticas.

Por isso, é essencial que o vira-lata vá ao veterinário de forma periódica para realizar avaliações e verificar como está o estado de saúde dele. Assim, é uma garantia de saúde é bem-estar do animal.

Um ato de coragem e amor aos pets

Atualmente, é comum uma relação bem estreita entre pets e pessoas, muitos desses animais são considerados membros da família, com nome e sobrenome, carteira de identidade e são como filhos pelo companheirismo. Realizar uma adoção de cachorro ou gato é um ato de amor no qual agrega vantagem.

No Brasil existem mais de 30 milhões de cachorros e gatos abandonados no qual se encontram em abrigos e esperam uma oportunidade de adoção. Infelizmente, esses números de abandono vêm crescendo a cada dia. Conheça alguns benefícios ao adotar um pet:

  • Baixo investimento;

  • Mais fortes;

  • Companheirismo;

  • Pets adultos com personalidade.

A adoção de cachorro de qualquer raça, assim como gatos, com pedigree tem um custo alto tanto no momento de compra como em cuidados, porque possuem aspectos peculiares que requerem cuidados específicos.

Existem ONGs e Centro de Zoonoses que ao recolherem os pets logo tratam os vermes, pulgas e ademais parasitas e, ainda, são cadastros. Assim, é somente realizar a adoção de cachorro ou gato e levar para casa.

Os vira-latas geralmente possuem experiência de viver nas ruas, podem apresentar anomalia genética, fortificando seu sistema imunológico. Ao serem abandonados, alguns desses animais são treinados, respondendo a alguns comandos.

Um animal na fase adulta algumas vantagens, pois os filhotes precisam de mais tempo, paciência e energia no qual ensine comandos como, por exemplo, onde fazer as necessidades, não estragar móveis ou sapatos, etc., além das brincadeiras.

O adulto não tem a fase educativa, garantindo uma companhia mais tranquilo, mas o vínculo de afeto que é criado é o mesmo de como se ele fosse um filhote.

Benefícios de ter um vira-lata
Classificado como:            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *