Correr e brincar – de preferência acompanhados – estão entre os principais hobbies de caes, independente da raça.

Inclusive, especialistas apontam que isso é mais do que uma questão de lazer, pois animais que se movimentam mais tendem a viver uma vida mais longa e de mais qualidade.

Por conta disso, boa parte dos donos os leva à rua pelo menos uma vez ao dia, para que eles possam caminhar e fazer suas necessidades sem limitações de espaço.

Enquanto o passeio é de fato importante, também é interessante deixar os pets livres, correndo e brincando, em companhia de outros cães.

A boa notícia é que há cada vez mais espaços públicos que contam com instalações apropriadas para que eles: os cachorródromos. Aprenda mais a respeito deles a seguir.

O que é um cachorródromo?

Um cachorródromo nada mais é do que um espaço de socialização e lazer para esses animais.

Ele consiste em um espaço cercado, que pode ser de grama, terra batida ou cimento, onde os cachorros podem correr e brincar à vontade, deixando seus donos despreocupados.

Por mais que essa seja a estrutura básica, esses locais também costumam contar com outros componentes que aumentam a comodidade dos frequentadores, tais como:

  • Bebedouros para os pets;

  • Lixeiras para as fezes;

  • Bancos para os donos;

  • Quiosques para gerar sombra.

Quais as vantagens de um cachorródromo?

Por incrível que pareça, as vantagens de se frequentar um espaço do tipo não se limitam ao próprio cachorro. Isso porque, esse momento também pode ser de entretenimento e relaxamento para os donos.

Confira alguns de seus benefícios a seguir:

Exercício físico para os cães

Por mais que a obesidade e o sedentarismo sejam problemas de saúde mais associados aos humanos, esses fatores também tendem a prejudicar a saúde dos cães.

No caso dos amigos de quatro patas, eles podem causar problemas como:

  • Mais pressão sobre os órgãos vitais;

  • Mais chances de doenças articulares;

  • Diabetes;

  • Crescimento dos riscos de câncer.

Por conta disso, cabe aos donos não apenas oferecer a quantidade de ração ideal conforme a raça e o porte – bem como não exagerar nos petiscos -, como, também, encorajar os animais a se movimentarem e praticarem exercícios.

O cachorródromo é o local ideal para tal, porque por mais que existam alguns que sejam pequenos, também há espaços de grande extensão.

Além disso, como ele é cercado, os donos podem permitir que os pets corram sem medo.

Interação com outros animais

Cães são seres sociais e estão sempre em busca de atenção, seja dos donos ou de outros cachorros.

Por conta disso, também é interessante que o dono encoraje seu pet a fazer amigos caninos e saia para brincar com eles.

De fato, não há lugar melhor para isso que um cachorródromo pois os animais ficam todos juntos, brincando até a exaustão.

Socialização para os donos

Entretanto, os animais não são os únicos que se divertem e socializam nas visitas ao cachorródromo: os donos também podem aproveitar a ocasião.

Como esses espaços costumam ser instalados em parques e praças, os humanos podem fazer piqueniques ou simplesmente refugiar-se na sombra das árvores enquanto os pets brincam.

Em alguns casos, também pode acontecer de a amizade dos animais se estender a seus donos.

Quando dois cães se dão bem, os proprietários podem combinar encontros em outros locais, para que eles brinquem juntos.

Isso significa que a tendência é que os humanos também façam amizades nesses espaços.

Quais cuidados tomar ao visitar um cachorródromo?

Nota-se que tanto animal quanto os donos saem ganhando quando visitam um cachorródromo.

Contudo, assim como qualquer outro lugar de uso coletivo, é preciso ter alguns cuidados e bom senso para que a convivência seja harmoniosa.

Em primeiro lugar, é indicado que os animais já tenham passado pelo adestramento antes de visitar esses lugares.

Afinal, é importante que eles obedeçam os comandos dos donos rapidamente, quando necessário.

Da mesma forma, cães de pequeno porte e/ou filhotes exigem cuidado redobrado dos donos.

Quando os animais são muitos jovens, também são mais frágeis.

Portanto, é interessante levá-los a cachorródromos onde haja uma separação de animais conforme o seu porte. Assim, a adaptação será mais fácil.

Por fim, também é essencial que os donos dos cães colaborem para o bom estado do local, levando todo o lixo que for gerado e sacolas para recolher as fezes de seus cachorros.

Os demais frequentadores agradecem.

Você já conhece os cachorródromos?
Classificado como:            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *